fbpx

Se você geralmente acompanha noticiários já deve ter ouvido falar sobre a taxa SELIC. Serve como referência para definir todas as outras taxas da economia. Se envolvendo de uma forma direta com a rentabilidade dos empréstimos, investimentos em renda fixa e até na cotação do dólar.

Mas afinal, o que é a taxa Selic e como ela funciona?

Pode ser dito que ela é um dos instrumentos usados pelo Banco Central para estabilizar a economia. Trazendo a possibilidade de controlar a inflação, atrair investimentos, estimular as indústrias e a geração de empregos. Com o Comitê de Política Monetária (Copom) se reunindo a cada 45 dias, para então definir as diretrizes a serem seguidas. Tomando decisões de forma soberana, isto é, sem a necessidade de aprovação de outros órgãos.

Inflação e Selic

A Selic é um dos veículos utilizados pelo Banco Central para reagir em períodos inflacionários ou deflacionários. Um exemplo clássico, e até mesmo bem claro, é imaginar um cenário de alta nos preços, o Banco Central poderia se utilizar da Selic para resfriar a economia, ao aumentá-la, enxugando a quantidade de moeda em circulação. Já pensando em um cenário contrário, onde o propósito seria fomentar o consumo, um caminho viável seria baixar a taxa, assim promovendo maiores circulações monetárias.

Investimentos

Há oportunidades vinculadas à rentabilidade da taxa Selic. Por exemplo, em uma alta de juros, poderia ser interessante investir em uma LFT, a letra financeira do tesouro. Pois ela remunera de acordo com a variação da taxa Selic, correspondendo à natureza de renda pós fixada.

No responses yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Av. Paulista, 1.450, 3º Andar

São Paulo – SP

Ouvidoria: 0800 724 8282

www.agorainvestimentos.com.br


Porto Alegre – RS

Rua Antônio Carlos Berta, Nº 475

Sala 2001



Curvelo - MG

Rua Tupinambás, Nº 309 

Sala 1



A Capse é uma empresa de agentes autônomos de investimento, autorizada pela CVM e constituída conforme a Instrução CVM Nº 497, para maiores informações acesse www.capse.com.br e www.cvm.gov.br. O Agente Autônomo de Investimento é um preposto da Ágora investimentos que atua na prospecção e captação de clientes, intermediação de negócios e prestação de informações sobre os produtos e serviços oferecidos pela Ágora. Portanto, não é permitido ao Agente Autônomo atuar como CONSULTOR, GESTOR ou ADMINISTRADOR de carteira, assim como procurador ou representante de clientes. Além disso, também não é permitido que o Agente Autônomo entregue a clientes ou deles receba, por qualquer razão, inclusive a título de remuneração pela prestação de serviços, quaisquer numerários, títulos ou valores mobiliários. Atualmente, a atividade dos Agentes Autônomos de Investimento é regida pela Instrução CVM nº 497. Nela você poderá encontrar, detalhadamente, toda a regulamentação pertinente. Sócios: Inácio Gaudie Ley Recena, Bruno de Andrade Alves, Felipe Augusto Marquetto Abrantes, Cassia Machado de Oliveira, Flavio Sachs Beylouni, Francisco Eduardo Köhler Dal Ri, Everaldo Luiz Boschetti, João Vitor Führ, Marcio Morel Correa Fichtner, Mateus Bueno Palermo, Naiana Natasche Bar, Natália De Almeida Portela, Renato Boaventura Diniz Oliveira e Roberto Muller Ely. Para informações e dúvidas, favor contatar seu Agente Autônomo de Investimento. É importante lembrar também que a Ágora investimentos está sempre à disposição de seus clientes, e se preferir um contato direto com a nossa equipe de atendimento, ficaremos satisfeitos em atendê-los. Em caso de dúvidas, entre em contato com a nossa Central de Atendimento. A Ágora investimentos toma todas as precauções razoáveis para assegurar que nenhum vírus esteja presente nesse e-mail, a empresa não poderá aceitar a responsabilidade por quaisquer perdas ou danos causados por vírus ou similares. As mensagens trocadas neste endereço são de propriedade da Ágora investimentos podendo ser objeto de prova para eventuais contestações e questionamentos judiciais e regulatórios.